Imagem capa - Como iniciei na fotografia de parto! por Memórias de Nascimento - Por Dagi Pereira

Como iniciei na fotografia de parto!


Depois de quase nove anos fotografando eventos sociais diversos, ensaios de família, de casais, gestantes e tudo mais, eu nunca tinha fotografado um parto! Apesar de já ter passado por dois, e fotografado de tudo um pouco, de alguma forma não me sentia preparada pra essa missão. Um momento tão intenso e tão rápido exige muita entrega, mas também muita atenção e responsabilidade! O Joni tentava me convencer dizendo que a emoção de fotografar partos era algo indescritível e que eu era capaz e deveria tentar!




Mas eu segui fugindo desse dia, até que... fotografando o ensaio gestante da Jana, fui convocada por ela para registrar o nascimento do Davi! A Jana queria alguém em quem pudesse confiar totalmente para estar nesse momento, e naquela altura nossa relação já permitia essa confiança. Tinha que ser eu, dizia ela e aí não tive como negar! Aceitei o desafio, mas já fui logo dizendo que não poderia prometer nada e que seria uma experiência  pra mim. Todo esse discurso e pensamento durou só até o Davi nascer, e eu viver pela primeira vez a fotografia de nascimento. Me arrepiei, me emocionei, me apaixonei!!! Foi amor ao primeiro PARTO!



Não acreditei que aquele era o primeiro registro dela com partos, as fotos foram de uma delicadeza sem perder a magia do nascimento, sem exposição e com naturalidade. Eu não tinha como agradecer por ela sair da zona de conforto e encarar uma sala de parto." Foi isso mesmo que você me proporcionou, Jana, sair da zona de conforto e descobrir novas e incríveis possibilidades, serei sempre grata!



Nesse 1 ano acompanhei muitos nascimentos, aprimorei meu olhar, vivi diferentes partos, conheci diferentes famílias e aumentei meu amor 
por registrar as Memórias do Nascimento! Que bom que a Dagi de um ano atrás encarou o desafio e decidiu começar, sempre é tempo de tentar!!


Beijão da Dagi!